20 de maio de 2024

Banco do Brics Destina R$ 5,7 Bilhões para Reconstrução do RS após Chuvas

O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), presidido por Dilma Rousseff, destinará R$ 5,75 bilhões para a reconstrução de infraestrutura urbana e rural no Rio Grande do Sul, afetado por fortes enchentes. A verba será transferida diretamente e por meio de parcerias com instituições financeiras, como BNDES e Banco do Brasil.


Reconstrução do RS após Chuvas: Banco do Brics Aloca R$ 5,7 Bilhões

Apoio ao Rio Grande do Sul

A presidente do NDB, Dilma Rousseff, anunciou nesta terça-feira (14) que o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), conhecido como Banco do Brics+, vai destinar R$ 5,75 bilhões para ajudar na reconstrução do Rio Grande do Sul. O estado enfrenta as piores chuvas de sua história, causando danos severos à infraestrutura urbana e rural.

Objetivo do Financiamento

O objetivo do financiamento é apoiar a reconstrução das áreas afetadas pelas enchentes desde o final de abril. Dilma afirmou na rede social X: “O Novo Banco de Desenvolvimento vai destinar R$ 5,750 bilhões para o estado do Rio Grande do Sul, com o objetivo de reconstruir a infraestrutura urbana e rural nos municípios atingidos e ajudar na retomada da vida gaúcha”.

Parcerias e Distribuição dos Recursos

O valor total em empréstimos foi acordado após conversas com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Segundo Dilma, os créditos serão transferidos de forma direta para o estado e também por meio de parcerias com outras instituições financeiras, como:

  • Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
  • Banco do Brasil
  • Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE)

Metade dos R$ 5,7 bilhões será direcionada ao BNDES para financiar pequenas e médias empresas, obras de proteção ambiental, infraestrutura, tratamento de esgoto e prevenção de desastres. Também estão previstos recursos para infraestrutura agrícola, mobilidade urbana e saneamento básico.

Detalhes da Iniciativa

Compromisso com o Povo Gaúcho

Dilma, que iniciou sua carreira política no Rio Grande do Sul, ressaltou o compromisso do NDB com o estado: “O banco está ao lado do povo gaúcho e tem o compromisso de auxiliar o estado”.

O Papel do Brics+

O Brics+ é um agrupamento econômico de países emergentes, que agora inclui, além de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, novos membros como Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia e Irã. A Argentina chegou a receber o convite formal, mas a adesão foi cancelada após a eleição do presidente Javier Milei.

O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) do Brics+ reúne capital dos membros para investir em projetos de infraestrutura e integração nos próprios países-membros ou em nações parceiras.


A medida mostra o empenho do NDB em apoiar regiões afetadas por desastres naturais, demonstrando solidariedade e compromisso com a recuperação socioeconômica.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *