25 de maio de 2024

Copom corta Selic para 10,50% ao ano em decisão dividida

O Copom anunciou o sétimo corte consecutivo da Selic, reduzindo-a para 10,50% ao ano. A decisão, que interrompe um ciclo de cortes mais agressivos, foi dividida entre os membros do comitê do Banco Central.


O corte da Selic

O Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou nesta quarta-feira (8) o sétimo corte seguido da Selic, taxa básica de juros. A redução de 0,25 ponto percentual levou a taxa para 10,50% ao ano. Essa decisão, que surpreendeu parte do mercado, dividiu opiniões entre economistas e analistas financeiros nos últimos dias.

Decisão dividida do Copom

A decisão do Copom sobre a taxa básica de juros também dividiu o próprio colegiado do Banco Central. Cinco membros votaram a favor do corte de 0,25 ponto percentual, enquanto outros quatro foram favoráveis à redução de 0,50 ponto percentual. Essa divisão reflete as incertezas recentes, tanto no cenário doméstico quanto no internacional, e a alta do dólar, que influenciaram na decisão de diminuir o ritmo de cortes.

Expectativas do mercado

Antes do anúncio, havia dúvidas sobre o tamanho do corte da Selic. A pesquisa do Projeções Broadcast indicava que 55% das instituições consultadas apostavam em uma redução menor, de 0,25 ponto percentual. Essa expectativa foi um reflexo da incerteza em relação ao cenário econômico atual e da necessidade de ajustes na política monetária para lidar com as turbulências.

Próximos passos

Com a nova taxa de juros definida, o mercado aguarda para avaliar os próximos passos do Banco Central e como essa decisão afetará a economia como um todo. A diminuição do ritmo de cortes sinaliza uma postura cautelosa diante das incertezas presentes, mas ainda há expectativas em relação aos rumos da política monetária nos próximos meses.

Tags: s

Frase-foco: .


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *