19 de junho de 2024

Jurados Deliberam Segundo Dia no Caso Trump

O julgamento de Donald Trump sobre o caso de suborno segue para o segundo dia de deliberações. Os jurados estão analisando minuciosamente os depoimentos e as provas apresentadas durante cinco semanas de julgamento.


Continuação das Deliberações no Caso Trump

Nesta quinta-feira (29), os jurados do julgamento de Donald Trump retornam ao tribunal de Nova York para avaliar as provas e os depoimentos das testemunhas. O ex-presidente enfrenta acusações de falsificação de documentos comerciais para encobrir um pagamento de US$ 130 mil à estrela pornô Stormy Daniels, antes da eleição presidencial de 2016.

Pedidos dos Jurados

Na quarta-feira, os 12 jurados e seis suplentes concluíram o primeiro dia de deliberações sem chegar a um veredicto. Eles solicitaram ao juiz Juan Merchan as transcrições dos depoimentos de duas testemunhas-chave:

  • Michael Cohen: Ex-advogado de Trump, que testemunhou que Trump estava ciente do pagamento e trabalhou para encobri-lo.
  • David Pecker: Ex-editor do National Enquirer, que falou sobre seus esforços para suprimir histórias que poderiam prejudicar a candidatura de Trump.

Além disso, os jurados pediram que o juiz repetisse as instruções detalhadas fornecidas no início das deliberações.

Importância de um Veredicto Unânime

Para qualquer veredicto ser válido, todos os 12 jurados precisam concordar. Caso não cheguem a um consenso, o juiz poderá declarar a anulação do julgamento. Trump, que se declarou inocente e nega qualquer relação com Daniels, alega que o julgamento é uma tentativa de minar sua campanha para retomar a Casa Branca nas eleições de 5 de novembro.

Depoimento Crucial de Cohen

Pouco antes do início das deliberações, o juiz Merchan instruiu os jurados a examinarem cuidadosamente o depoimento de Michael Cohen. Cohen, que foi advogado particular de Trump por cerca de uma década, afirmou ter pago os US$ 130 mil do próprio bolso para evitar que Daniels contasse aos eleitores sobre o suposto encontro sexual com Trump.

Argumentos da Defesa e da Promotoria

  • Defesa: Os advogados de Trump argumentam que Cohen, um criminoso condenado com histórico de mentiras, não é uma testemunha confiável.
  • Promotoria: Os promotores afirmam que mensagens de voz, emails e outras evidências corroboram o depoimento de Cohen. Eles têm o ônus de provar a culpa de Trump “além de qualquer dúvida razoável”.

Impacto na Corrida Presidencial

Mesmo que Trump seja condenado, ele ainda poderá concorrer à presidência e assumir o cargo se vencer. No entanto, uma condenação pode afetar sua base de eleitores, especialmente entre independentes e republicanos moderados. Pesquisas de opinião indicam uma disputa acirrada entre Trump e o atual presidente Joe Biden.

O veredicto no julgamento de Trump terá implicações significativas, tanto legais quanto políticas. O resultado pode influenciar a dinâmica da próxima eleição presidencial, embora os assessores de Biden acreditem que não haverá um impacto decisivo.


Os jurados continuam suas deliberações, e o mundo aguarda ansiosamente o veredicto que pode definir o futuro político de Donald Trump.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *