15 de junho de 2024

A Polícia Federal em Salgueiro, PE, concluiu a Operação Terra Livre Fase IV, erradicando 448 mil pés de maconha e impedindo a produção de 152 toneladas da droga. A ação ocorreu entre 6 e 26 de maio de 2024, com a participação de diversas forças de segurança.

Erradicação de Maconha no Sertão Pernambucano

A Polícia Federal tem intensificado seus esforços para identificar e erradicar plantios de maconha no sertão pernambucano. Com a conclusão da Operação Terra Livre Fase IV, um grande passo foi dado na redução da produção e oferta dessa droga na região.

Detalhes da Operação

A operação foi dividida em três fases:

  1. Levantamento: Identificação das áreas de plantio.
  2. Percursora: Preparação das equipes e estratégias.
  3. Deflagração: Execução da erradicação.

Resultados Significativos

  • 448 mil pés de maconha erradicados.
  • 45 mil mudas destruídas.
  • 78 plantios identificados.
  • 3,1 toneladas de maconha pronta para consumo apreendidas.
  • 152 toneladas de produção de maconha evitadas.

Uma das maiores plantações, localizada em Inajá-PE, continha 142 mil pés, suficiente para produzir cerca de 47 toneladas de maconha.

Localização dos Plantios

Os plantios foram encontrados nas seguintes regiões:

  • Pernambuco: Orocó, Salgueiro, Cabrobó, Belém do São Francisco, Betânia, Flores, Carnaubeira da Penha, Inajá, Parnamirim.
  • Paraíba: Cachoeira dos Índios, Monteiro.

Participação das Forças de Segurança

A operação contou com a colaboração de:

  • Polícia Federal
  • Polícia Civil
  • Polícia Penal de PE e AL
  • Militares dos Bombeiros
  • BEPI – Batalhão Especializado de Policiamento do Interior

Utilizaram-se incursões terrestres e fluviais, botes infláveis e uma aeronave do GTA-SDS-PE (Grupamento Tático Aéreo – Secretaria de Defesa Social).

A Operação Terra Livre Fase IV representa um marco na luta contra o tráfico de drogas no sertão pernambucano, evidenciando o compromisso das forças de segurança em proteger a sociedade.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *