19 de junho de 2024

Senac Inaugura Centro de Educação em Pernambuco para Atender 35 Cidades do Sertão

O novo Centro de Educação Profissional do Senac, em Serra Talhada, é uma iniciativa que busca capacitar 2.600 pessoas anualmente, oferecendo cursos em diversas áreas e valorizando a cultura local. Com uma infraestrutura moderna, o centro será fundamental para o desenvolvimento da região.


Novo Centro de Educação Profissional do Senac em Serra Talhada

Nesta quinta-feira (23), o Senac Pernambuco inaugura seu novo Centro de Educação Profissional em Serra Talhada, visando atender 35 cidades do Sertão do Estado. Com cerca de 3 mil m² de área construída, o centro tem a capacidade de atender 2.600 pessoas por ano.

Infraestrutura de Ponta

O centro possui 14 ambientes educacionais equipados com tecnologia avançada, incluindo:

  • Laboratórios: Saúde e Bem-estar, Gestão e Tecnologia, Imagem Pessoal e Gastronomia.
  • Biblioteca: Com cerca de mil itens entre livros, jogos e material multimídia.
  • Sala de inovações e auditório.

Nome da Unidade: O edifício será chamado de Edf. Empresário José Roberto Tadros, em homenagem ao presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Cursos Oferecidos

O centro oferecerá uma ampla gama de cursos para atender às necessidades do mercado local:

  • Programas de Aprendizagem e Cursos de Qualificação.
  • Cursos Técnicos e Superiores: Desenvolvimento de Sistemas, Enfermagem, Estética e Cosmética, Massoterapia, Segurança do Trabalho, Nutrição e Dietética.
  • Cursos de Qualificação Profissional: Cabeleireiro, Cozinheiro, Vendedor, Instalador e Reparador de Redes de Computadores.
  • Ensino a Distância (EAD): Diversos cursos disponíveis online.

Identidade Nordestina

A unidade valoriza a cultura e a história do Sertão, com espaços nomeados em homenagem à natureza e cultura local, como:

  • Salas de Aula: Asa Branca, Rio Moxotó, Rio Pajeú.
  • Biblioteca Sabiá, Auditório Velho Chico e Espaço de Eventos Riacho do Navio.

Além disso, a ambientação do centro inclui xilogravuras de artistas locais como J. Borges e J. Miguel, e obras de Gegê Pedrosa. A música “Orgulho de ser Nordestino”, de Flávio Leandro, também faz parte do projeto arquitetônico.

Sustentabilidade e Investimento

A obra, iniciada em 2022, recebeu um investimento de mais de R$ 29 milhões. A unidade incorpora práticas sustentáveis, como:

  • Reuso de Águas Pluviais: Para irrigação e limpeza.
  • Energia Solar: Instalação de mais de 900 placas fotovoltaicas.
  • Materiais Modernos: Fachadas em ACM e glazing, que proporcionam conforto térmico e maior luminosidade.

Toda a unidade é acessível, com rampas de acesso e sinalização em braile, assegurando inclusão para todos os alunos.

Perspectivas Futuras

O centro pretende aumentar a oferta de cursos conforme a demanda local, incluindo a possibilidade de oferecer Ensino Médio Integrado ao Técnico (Mediotec) a partir de 2025. Este novo centro será crucial para a qualificação profissional, atendendo aos segmentos do comércio, serviços e turismo, e apoiando o crescimento econômico da região.


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *