14 de junho de 2024

Governo Anuncia Formação de 700 Mil Profissionais em Educação Midiática

O governo brasileiro planeja capacitar 700 mil profissionais em educação midiática até 2027, incluindo professores e agentes de saúde, para combater a desinformação e promover o letramento digital.


Plano Ambicioso de Capacitação em Educação Midiática

O governo federal anunciou um plano ambicioso para formar 700 mil profissionais em educação midiática. A iniciativa, que faz parte do Plano Plurianual 2024-2027, foi revelada por Fábio Meirelles, diretor do Departamento de Direitos na Rede e Educação Midiática da Secretaria de Políticas Digitais da Presidência.

Capacitação de Professores e Profissionais de Saúde

Quem será capacitado?:

  • 300 mil profissionais da educação: Cursos online, cartilhas e guias serão disponibilizados no ambiente virtual de aprendizagem do Ministério da Educação (Ava MEC).
  • 400 mil profissionais da saúde: Enfoque no combate à desinformação sobre vacinas, em parceria com o Ministério da Saúde.

Ferramentas e Recursos Disponibilizados

O governo está desenvolvendo uma série de recursos para apoiar a formação:

  • Ambiente Virtual de Aprendizagem (Ava MEC): Cursos online direcionados aos professores da educação básica.
  • Cartilhas e Guias: Materiais informativos para ajudar na disseminação de conhecimento.

Olimpíada Brasileira de Educação Midiática

Além da capacitação, Meirelles anunciou a Olimpíada Brasileira de Educação Midiática, em parceria com instituições de ensino superior e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Esta competição mobilizará 400 mil estudantes de escolas públicas e privadas em todo o país.

Objetivos da Olimpíada:

  • Mobilizar o sistema de ensino: Incentivar escolas, estudantes e professores a discutirem a educação midiática.
  • Promover o letramento digital: Ensinar sobre algoritmos, checagem de informações, e combate à desinformação.

Importância da Educação Midiática

Fábio Meirelles enfatizou a necessidade de trabalhar a educação midiática para desenvolver uma consciência crítica nos estudantes. Segundo ele, é crucial que os jovens entendam como as plataformas digitais funcionam, saibam verificar a fonte das informações e evitem propagar desinformações.

Com essa iniciativa, o governo busca fortalecer a cidadania digital e combater a desinformação, capacitando profissionais estratégicos e mobilizando a sociedade através de eventos educacionais.


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *