19 de junho de 2024

Golpe Revelado: Professora Falsifica Projeto Social para Crianças com Deficiência em Pernambuco

Uma professora é investigada por aplicar um golpe ao criar um falso projeto social para crianças com deficiência em Glória do Goitá, Pernambuco. O esquema envolvia cobrança de taxas indevidas e promessas não cumpridas, deixando famílias e profissionais lesados.


A comunidade de Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, foi abalada por um escândalo envolvendo uma professora local, Maria da Conceição de Sousa. Ela está sendo investigada por supostamente aplicar um golpe ao criar um projeto social falso destinado a crianças e adolescentes com deficiência intelectual. A denúncia veio à tona após um grupo de mães e profissionais de diversas áreas relatar que foram vítimas do esquema fraudulento.

As Alegações

De acordo com a denúncia, Maria da Conceição de Sousa teria arrecadado dinheiro sob falsos pretextos, prometendo capacitar profissionais para uma clínica que nunca existiu. Paralelamente, ela também teria cobrado taxas indevidas de famílias de baixa renda, prometendo serviços que nunca foram entregues.

O Modus Operandi

O esquema fraudulento foi meticulosamente planejado. A professora teria convidado profissionais de diversas áreas, incluindo psicopedagogos, psicólogos e assistentes sociais, para participar do suposto projeto social. Sob a pretensa ideia de oferecer atendimento psicossocial a jovens com transtorno do espectro autista (TEA) e outras condições neurológicas, ela atraiu mais de 20 pessoas para o empreendimento.

A Desilusão dos Envolvidos

Os profissionais, motivados pela oportunidade de fazer a diferença na vida das crianças com deficiência, investiram tempo e recursos na montagem do projeto. No entanto, suas esperanças foram frustradas quando descobriram que tudo não passava de uma farsa. A empresa que supostamente patrocinaria o projeto, a operadora de telefonia Vivo, negou qualquer envolvimento com a iniciativa.

O Impacto nas Famílias

Além dos profissionais, as famílias que seriam beneficiadas pelo projeto também foram alvo do golpe. Mães de crianças com deficiência foram ludibriadas, pagando taxas sob a promessa de receberem serviços que nunca foram prestados. O choque e a desilusão foram imensos quando descobriram que caíram em um esquema fraudulento.

O Desaparecimento da Professora

Diante da descoberta do golpe, Maria da Conceição de Sousa desapareceu misteriosamente. Após ser confrontada pelos envolvidos, ela teria prometido resolver a situação e devolver o dinheiro investido. No entanto, na manhã seguinte, ela deixou a cidade e nunca mais foi vista.

A Busca por Justiça

As vítimas do golpe estão em busca de justiça. A Polícia Civil está investigando o caso de estelionato, e as investigações continuam até que todas as circunstâncias sejam esclarecidas e os responsáveis sejam responsabilizados pelo crime cometido.

O caso da professora Maria da Conceição de Sousa é um alerta sobre os perigos dos golpes e da falta de escrúpulos. Enquanto a comunidade de Glória do Goitá se recupera desse episódio traumático, é essencial permanecer vigilante e consciente dos sinais de possíveis fraudes. A confiança foi abalada, mas a busca por justiça continua.


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *