25 de maio de 2024

Brasil e França unem esforços em mega investimento para preservação da Amazônia

amazonia
amazonia

Os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Emmanuel Macron lançaram um programa de investimentos de € 1 bilhão (aproximadamente R$ 5,4 bilhões) para impulsionar projetos de bioeconomia na Amazônia Legal brasileira e na Guiana Francesa. O objetivo é financiar iniciativas públicas e privadas ao longo de quatro anos, conforme parte de um plano conjunto de ação para a proteção das florestas tropicais. Durante o evento, Lula convocou outras nações a contribuírem para a preservação da Amazônia, reiterando o compromisso do Brasil em acabar com o desmatamento até 2030.

Macron elogiou o compromisso do governo brasileiro com a preservação da Amazônia, destacando a importância de proteger o ecossistema para o futuro dos povos indígenas e da biodiversidade. Além disso, ele enfatizou a necessidade de cooperação científica e investimentos na bioeconomia para impulsionar o crescimento sustentável. O programa conta com cinco pontos de condução, incluindo diálogo entre as administrações, parcerias técnicas e financeiras entre bancos públicos, nomeação de coordenadores especiais para empresas inovadoras, um novo acordo científico e a criação de um eixo de pesquisa e compartilhamento de tecnologias.

Este acordo representa um marco na cooperação internacional para a preservação da Amazônia, demonstrando o compromisso conjunto do Brasil e da França com o desenvolvimento sustentável e a proteção do meio ambiente. Ao unir esforços e recursos, esses dois países buscam enfrentar os desafios ambientais globais e promover um futuro mais sustentável para as gerações futuras.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *